terça-feira, 4 de julho de 2017

Mariposas

Gosto de imaginar os meus pais como grandes mariposas, que nos dão a chance de viver e um dia nos deixam sozinhos na esperança de que sobreviveremos.
Posso dizer que somos uma pequena larva que adquiri conhecimento exagerado, e estes tem a função de fazer de nós grandes e incríveis.
Tenhamos então a nossa volta, acima de nós e abaixo de nós uma bela folha verde, regada com boa água, para que assim possamos nos alimentar e crescer, desejo que nenhum de nós encontremos veneno, que nenhum de nós seja amaldiçoado, desejo que todos sejamos um dia seres evoluídos.
Me perdoe se enfatizei este pequeno animal, que a muitos desagrada, mas ele é um dos mais sábios exemplos da evolução e do tempo, pois se tudo der certo, um dia, um grande dia estará por vim.
Este tempo de gloria tardará a chegar, mas quando chegar, a luta terá valido a pena, o medo de errar terá ido embora, pois nem ao menos o medo te segurou, e se tudo der certo você vai bater as asas e vai sentir o vento, vai sentir uma emoção indescritível, você vai pensar do por que de aquele momento ter demorado tanto, vai se sentir único.
E quando tiver passado um curto pedaço de tempo, você repousará e tudo terá chegado ao fim. O motivo que te levará o fim é uma variante incalculável, seja pela emoção, por um pequeno erro ou até mesmo pelo tempo.
Assim é a vida, lutamos a vida toda por um sonho, quando ele se realiza é lendário e dependendo do tempo necessário dura pouco, é um ponto em toda uma linha do tempo. Assim é com a mariposa, vive para que um dia bata as asas, e quando bate ela sabe que aqueles são os seus últimos momentos.
E apesar de morrer, valeu a pena ela ter batido as asas.
Sonhos levam tempo, dedicação, escolhas difíceis, nos levam a caminhos obscuros e perigosos, se tivermos a bênção de realizá-los e bater as asas, apesar de ter demorado tanto e ter vivido aquilo por um curto pedaço de tempo, valeu a pena ter vivido.
Mas se você for um encostado, medroso, ou qualquer coisa que te deixe em completa inércia, nunca sentirá o prazer de ter feito a diferença.
Seja uma mariposa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário