quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Fique Bem, Até Logo - Parte II

Após o término Pedro entendeu que precisava de um tempo para si próprio e ficou em casa, Netflix e livros eram seu entretenimento, foi assim por dois meses até que Carlos o chamou para uma festa na casa de um colega seu de faculdade, depois de tanta insistência de Carlos, Pedro acabou aceitando.
Chegando na festa era uma típica festa de faculdade, Pedro decidi tomar uma cerveja e quando vai até o bar encontra com Alana que estava voltando com dois copos de cerveja na mão, eles se cumprimentam e ele diz que estava indo ao bar, então ela lhe fala:
- Este outro copo é para minha amiga, mas fique com ele e vamos lá pra fora conversar um pouco, ela pega outro para ela.
Ele aceita e eles ficam conversando por horas como de costume, quando inesperadamente ela lhe pergunta porque ele simplesmente correu dela no outro dia, meio desconsertado ele explica que estava em uma situação complicada no namoro e que não achava justo mesmo mediante tais circunstancias trair sua namorada da época.
Alana então pergunta:
- Então agora você está solteiro?
- Sim, estou.
- Então penso eu que agora você não vai se esquivar.
Alana fala isso e o beija, e realmente dessa vez ele não se esquiva, Carlos que via tudo pela janela simplesmente não acredita em como sortudo é seu amigo de estar “ficando” com uma gata daquelas.
Eles ficam ali por um tempo e Alana o convida para sua casa, e apesar de desconsertado Pedro aceita o convite, chegando na casa de Alana ela simplesmente vira outra pessoa, o joga no sofá e começa a tirar a roupa de Pedro e a chupar seu pau, depois coloca seus seios fartos entre a boca de Pedro e pede que mame nela, demora um tempo para Pedro “pegar no tranco”, até que ele se entrega ao momento e começa pelos seios e vai descendo pela barriga até chegar na bucetinha de Alana, ela se contorce toda e só quando Pedro percebe que ela está toda molhadinha que ele mete forte e com vontade, e a cada gemido de Alana ele se sentia mais motivado a seguir em frente, e foi assim a noite toda, uma noite de sexo intenso e selvagem.
No outro dia acorda no sofá da sala com dores na coluna por ter dormido de mal jeito, percebe que Alana ainda estava dormindo e fica ali a admirando por alguns minutos até que ela acorda e eles resolvem ir até a padaria tomar café, ficaram ali relembrando da noite anterior e conversando por horas, até que Pedro disse que tinha que ir para casa pois neste domingo iriam almoçar na casa de sua avó e em sua família essas reuniões apesar de chatas são meio que sagradas.
Alana diz que tudo bem e pergunta:
- Eu te vejo hoje à noite?
- Sim, te ligo quando voltar da casa de vó e combinamos algo.
- Ok lindo, ficarei esperando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário