domingo, 25 de junho de 2017

Se eu não estiver mais aqui

Se em algum momento a gente se perder, seja por culpa do mundo ou por culpa minha (já que tenho mania de afastar as pessoas que amo de mim), se você olhar para o lado e não me encontrar, se rolar na cama e não sentir meu cheiro... Feche os olhos, respire fundo, e lembre-se desse momento, o momento em que te fiz infinito na minha vida e no meu coração. O momento em que meu corpo se encaixou perfeitamente ao seu, como um ímã que me atraía constantemente para junto de você.
Lembre-se desse meu olhar, apaixonado e bobo. O olhar de alguém que imaginou uma vida de momentos iguais a esse ao seu lado, o olhar de quem estava completamente apaixonada desde o momento que coloquei os olhos em você no bar naquela quarta-feira.
E aí, se neste momento você sorrir, lembre- se das tantas vezes em que sorri para você e junto com você, e das piadas sem graça que eu te contava enquanto estávamos pendurados ao telefone, e das gargalhadas altas que eu dava das suas histórias engraçadas da puberdade.
Mas sobretudo, amor, me prometa que nunca se esquecerá de nós. Lembre-se, que seja por um minuto, por um momento ou por uma vida. E se a saudade bater, saiba que você ainda é infinito em mim.
Uma vez você me disse que a vida é feita de pequenos momentos importantes. E se a vida é um turbilhão destes momentos, que eu creio que realmente seja, eu espero que você saiba que eu vou estar arrependida, onde quer que eu esteja, se eu não aproveitar ao máximo esse presente que a vida está nos dando agora, o presente de estarmos juntos.
Encosta sua cabeça aqui, me conte outra história, sorria e durma, nunca se esqueça que eu vou estar aqui, mesmo quando eu não estiver, eu vou estar.

Um comentário: