quinta-feira, 29 de junho de 2017

A história de João e Julia parte IV

Nunca na vida de João um dia tinha demorado tanto para passar, e parecia que a cada segundo sua ansiedade só aumentava, mas também ele via que essa ansiedade dividia espaço com a esperança de ser correspondido, e isso parecia o reconfortar de certa forma, algo que chega a ser ilógico uma vez que ele pensa ser reconfortado por um sentimento que nem sabe se será ou não correspondido, mas assim estava João, antepondo possíveis situações do futuro e perdido neste misto de sentimentos e incertezas. 
João chegou à praça de alimentação do shopping com 20 minutos de antecedência, e resolveu ir à livraria olhar alguns títulos pra matar o tempo, aquele ambiente lhe era muito agradável e foi quando se perdeu em meio aos livros, admirando capas e lendo orelhas que foi surpreendido com Julia que gritou um Ei no meio da livraria que fez todos olharem para ambos e deixa-lo bastante desconcertado e surpreso, aproximou-se dele o abraçou forte, deu um beijo no rosto e disse que tinha uma novidade ótima para lhe contar e foi quando ele percebeu que sua empolgação não era por tê-lo visto depois de mais de seis meses e sim pela novidade que anunciara contar a seguir. 
Sentados na praça de alimentação João sentia suas mãos suarem enquanto se perdia no lindo sorriso de Julia, e foi quando se deu conta de que toda a sua ansiedade não tinha tanta importância, pois a presença de Julia fazia tudo parecer mais fácil do que ele idealizou em sua mente nas ultimas 24 horas. 
Em meio a todas essas sensações Julia lhe conta que Paulo a procurou pra voltar e que ela estava dividida e sabia que com certeza João iria saber lhe aconselhar, foi quando o mundo de João caiu, pois ele até estava preparado para um não, mas aquilo lhe frustrou de modo que não sabia o que falar, pois na sua mente o melhor conselho que podia dar era que esquecesse o Paulo e ficasse com ele, mas percebeu que estava sendo novamente afoito e concluiu que devia pelo menos manter o crédito de ser um bom conselheiro, porém por outro lado era como se as palavras não saíssem, João havia esperado tempo demais por aquela oportunidade pra que não tivesse ao menos a chance de declarar seus sentimentos, por mais de 24 horas ele viveu a experiência da esperança e o beneficio da dúvida lhe fez sentir merecedor do risco e foi quando disse que ele não poderia ajudar Julia com essa decisão e pediu desculpas por tornar aquele momento embaraçoso, mas não aguentava mais guardar aquilo em seu peito. 
Julia eu estou atraído por você, não sei como descrever, foi algo que aconteceu naturalmente com o nosso convívio do dia a dia, as conversas, os gostos, o quão me é prazeroso desfrutar de sua companhia, perco a noção de tempo e espaço com você, contigo tudo é simples, com você posso ser eu mesmo sem precisar me importar com os outros e sinto que não posso mais guardar isso pra mim, preciso compartilhar contigo, dizer que jamais quero que nossa amizade se acabe, entretanto o que sinto por você vai além ,quero ser mais que seu amigo, quero poder te abraçar, te beijar e acariciar seus cabelos, andar sem rumo na praça de mãos dadas compartilhando o mesmo fone de ouvidos enquanto ouvimos Drive my car dos Beatles ou qualquer outra musica que tenhamos descoberto no Spotify, desculpe por te dizer tudo isso assim tão de repente mas eu precisava compartilhar isso com você. 
Julia ficou atônita por alguns segundos, com os olhos cheios de lágrimas foi quando finalmente disse que também não sabia o que dizer pois nunca imaginou que ele tinha tais sentimentos e que ele acabava de fazer a declaração mais linda que ela havia ouvido e que ela sempre esperou ouvir isso de Paulo e que precisava ir pra casa pois aquilo era mais do que ela conseguiria processar, levantou e foi embora meio atordoada e surpresa com o que acabara de ouvir. 
João a ficou olhando meio confuso por medo de ter estragado tudo ou finalmente dado o primeiro passo para viver seus sentimentos, tudo era incerto, mas ainda era bom sentir se aliviado por ter compartilhado seus sentimentos com Julia, mesmo que o que viria a seguir era totalmente novo e desconhecido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário