quinta-feira, 4 de maio de 2017

No dia de chuva...

Acordei, mas meu corpo parece não me responder, ele ainda está sonolento da noite anterior, seus cabelos loiros ainda tomam minha mente e extasiam meu corpo com suas lembranças e encantos. A chuva cai lá fora e o frio toma conta, mas aqui dentro só o calor de seu amor me preenche.
Djavan dizia que ler um livro é a melhor pedida para um dia frio, isso porque ele não te conheceu minha bela, se ele soubesse de seus encantos, daqueles que me mostrou e daqueles que ainda ei de conhecer nunca mais pensaria em leitura; mas deixemos de lado os males que podes fazer a literatura.
Pois a chuva ainda cai e enquanto você “passa” um café na cozinha eu fico à sua espera, pois neste frio, seu café e corpo quentes são tudo que eu preciso no momento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário