domingo, 19 de março de 2017

Você

Olha só menino tem uma coisa aqui dentro do meu coração que chama por você, e eu nem sei porquê, mas também não quero saber. Isso que as pessoas chamam de amor, que eu jurei nunca mais sentir depois que o último babaca partiu meu coração... É, mas aí você chegou. Chegou chegando. Bermuda jeans surrada, lavada na máquina de lavar, camisa xadrez e havaianas, você nem pediu pra entrar, você só entrou, e fez morada no meu coração e quebrou os paradigmas, e me fez entender que eu não mando mais em mim. Agora só da você aqui dentro. Você que juntou todos os pedaços do meu coração, você que me fez sorrir daquele jeito bobo de novo, e como eu amo sorrir quando é por você! Você que fala de coisas que nem sabe, mesmo assim eu te acho tão esperto! Você que conta piadas sem graça e me faz morrer de rir. Como eu amo ouvir suas histórias! Sobre o carro que quebrou e te deixou na mão na semana passada, sobre sua mãe que não entende as gírias que os jovens usam, sobre seu cachorro que é virgem até hoje (tadinho). Você que me faz sorrir sem perceber, que morde o lábio de uma maneira que me deixa louca e me faz pensar em mil e uma coisas ao mesmo tempo. Você que não esconde o seu ciúme. Que diz que vai embora e volta meia hora mais tarde. Você que fica. E eu que pensava que ninguém valia o meu tempo percebi que cai numa furada, você merece tudo! Você que quando sorri não tem ideia de como fica lindo, e como eu amo quando você sorri! Você que é lindo quando está nervoso, mas não faz ideia de como fica lindo quando está sereno. Você que entende as minhas crises de ciúme, que diz que eu preciso mudar isso mas adora quando eu demonstro. Você!
Na última noite você me perguntou o que eu quero para esse ano além de novas oportunidades, eu disse que precisaria de um tempo para pensar, mas aí você me abraçou por trás enquanto eu preparava o nosso jantar e eu percebi... Preciso de você! Agora, no jantar de amanhã, no café de depois de amanhã e nos outros dias que seguirão... To preparando a vida para você, vê se não me decepciona!
Agora "vem cá" me fazer um cafuné, que carinho seu nunca é demais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário