quarta-feira, 8 de março de 2017

Hoje não é 23

Duas da manhã e eu acordada pensando no futuro de nós dois, costurando um passado não vivido, tentando colar as partes soltas. Olha eu aqui olhando as horas que não passam, imaginando que amanhã é 23, torcendo pra que seja 23. Olho no calendário: 08. Mas não é possível! Porque os dias não passam? Por que as horas estão paradas?
Se fosse 23 eu diria que você tem sorte por eu estar ali. Se fosse 23 eu passaria a noite com você esperando pelo 24, mas não passa de 08. Os meus dias estão tão movimentados que até me esqueço um pouco de você, mas o relógio me lembra que é dia 8 e que não passa de 02:05. Durante cinco minutos um filme passou na minha cabeça. No dia em que te conheci chovia, mas eram aqueles respingos, sabe? Lembro que você me disse seu nome e eu pensei "vou stalkear". E eu cumpri. Olhei todas as suas fotos, li todos os comentários , investiguei mesmo. Hoje eu sei tanto de você, mas tanto que chega a doer.
3 da manhã. Preciso parar de especular com quem você está dormindo agora ou se está trabalhando, se está farreando ou se está dormindo. O bom moço que eu conheço não espera passar das 23h pra dormir, ele reza antes de dormir e ele pede à Deus para que o dia seguinte seja 23 e se ele não for atendido ele continua esperando pois é isso que o bom moço faz.
Eu chorei 365 dias, eu enviei 365 mensagens, eu dei 365 motivos, eu disse 365 frases e indiretas, eu dei 365 sorrisos te encorajando à chegar junto, eu te ofereci meu ombro amigo por 365 dias, mas hoje eu só queria que fosse 23. Sabe porque? Lembro que foi num dia 23 que te conheci e eu penso em você todos os dias, mas 23 é um dia especial. O dia que foi feito pra me lembrar que você não é meu, mas que está ali...Um dia feito pra doer ou para doar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário