quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Para Alguém Que Vai Chegar



Ei, você. Você que vai chegar, pois sei que a qualquer momento você vai entrar e bagunçar tudo que eu demorei anos para arrumar. Vai derrubar as barreiras que ergui no meu coração. Eu espero que você consiga me entender, muito melhor do que eu me entendo as vezes.
Sei que você deve estar por aí, assim como eu estou por aqui, quebrando a cabeça com as pessoas erradas. Se perguntando onde está aquela pessoa que fará seu coração palpitar só em escutar a voz, e caso você não saiba, eu estou aqui.
Talvez eu more a duas ruas da sua casa, talvez eu more do outro lado da cidade, ou até do outro lado do estado, mas sei que em algum momento vamos nos encontrar. Você sorrirá um daqueles sorrisos lindos e eu vou ajeitar o fio de cabelo atras da orelha porque seu sorriso vai me desconsertar demais para pensar em agir de outra maneira. Vamos saber, naquele exato momento, vamos ter a certeza que esperamos um pelo outro desde o momento em que nascemos.
Ei, você que vai chegar... eu preciso que você saiba que eu vou ser chata as vezes. E que alguns dias eu vou surtar, vou falar que não quero mais, que não aguento mais, que não posso mais, mas tudo que eu quero é que você me mostre que eu consigo, que juntos vamos conseguir. E mesmo que você tenha que partir no fim das contas, para sua cidade, para seu emprego, para sua casa... Eu quero que prometa que sempre vai estar no meu coração. Já experimentei estar sozinha a dois, e esse não é um sentimento que quero repetir.
Me prometa que não vai me afastar das pessoas que amo, e me prometa que não deixará que eu faça isso também. Pois aprendi que liberdade é a forma mais linda de amar. Eu espero que você me deixe livre. Estar livre não significa que não quero me prender a você, só significa que eu sei que posso ir quando bem entender. Contudo, eu quero que você esteja ciente de que eu retornarei para você. Sempre. Todas as noites e dias. Quero ser livre o bastante para me dar conta de que liberdade nenhuma serve se eu não posso te ligar para falar do meu novo vestido que quero muito tirar para você quando nos encontrarmos.
Ei, você que vai chegar... Sorria. Mas não um sorriso forçado, sem graça, sem jeito... Um sorriso de verdade, um sorriso meu. Aquele sorriso que todas as vezes que você me olhar você abrirá, e vamos sorrir juntos por saber exatamente o que o outro está pensando, seja safadeza ou a lembrança de uma boa história que queremos compartilhar. Me deixe te fazer sorrir. Me deixe te contar piadas sem graça e morrer de rir com a cabeça no seu peito, mas me deixe principalmente te contar piadas sem graça e ver você sorrir das piadas idiotas que eu contar. Seja doce. Seja amargo. Seja meu. Não queira mais estar em outro lugar senão nos meus braços. Não queira mais beijar nada além de mim. E me beije. Me beije onde quiser, onde sentir vontade, onde desejar, se tem uma coisa de que gosto mais do que sorrisos esta coisa se chama : Beijo.
Acredito, que um beijo cura tudo, ou quase tudo. Desde um machucado físico, até um machucado sentimental. Me beije se eu estiver brava com você por causa da fulana que te olhou mais cedo no mercado, me beije se você estive bravo comigo por causa do toco de saia que eu usei na boate. Me beije quando estiver com ciúme, me beije quando eu estiver com ciúme, me beije se eu chorar, se eu sorrir, se eu brigar, mas principalmente me beije quando eu não merecer, me ame quando eu não merecer, e esteja lá, fique, mesmo quando eu não merecer, seja constante, faça-se presente. Meu presente.
Ei, você que vai chegar... seja meu amor de domingo. Se esparrame comigo para ver um filme novo, ou uma série legal o Netflix, curta uma preguiça roçando o pé na minha panturrilha, estrelasse os dedos dos fios longos do meu cabelo e vez ou outra me faça perder uma cena importante do filme, só para me beijar. Só para me dizer o quanto eu fico linda vestindo sua camisa velha. Seja meu amor de domingo e me ajude a cozinhar, e esteja aqui para me ver experimentar roupas novas, e ria das pegadinhas do Faustão comigo -mesmo aquelas que não tem graça- esteja aqui aos domingos para um almoço em família, para irmos ao shopping fazer bobeira, para fazermos amor a tarde inteira e quando chegar a noite você vai querer mais, eu vou querer mais. E essa é a parte importante de ter um amor de domingo, é saber que no domingo que vem nós vamos repetir tudo isso, exatamente igual, só que dessa vez, eu prometo que vou te amar muito mais.

Ei, você que vai chegar... Não precisa ter pressa, mas não seja lento. Só venha na hora certa. Me faça sorrir daquele jeito bobo, e não se esqueça de uma coisa: Eu não vou ser perfeita, mas prometo que vou te amar. Vou te amar muito, só me ame também!

Nenhum comentário:

Postar um comentário