quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Boa noite, meu amor

Eu sonhei com você esta noite. Um desses sonhos que parece se desenrolar inteiro dentro de 3 segundos. Um desses sonhos confusos que a gente deixa cair quando acorda assustada, perdendo seus pedaços pelo chão.
Mas eu sonhei com você esta noite. Você estava lá. Você estava nos meus pensamentos quando despertei. Você estava no meu coração em forma de saudade.
Você estava nos meus sonhos, mas fugiu assim que meus olhos se abriram. Em um momento eu via você, ali, na minha frente. No outro, já não via mais. Algo me tirou daquele sonho como se tirasse um band aid. Arrancar você de mim assim doeu.
O quarto estava escuro e silencioso. A cama estava fria, e meu corpo também. Mas eu amava aquela brisa da madrugada entrando pela janela, e aquele céu pintado de estrelas em cima da minha cabeça. Sua ausência me fazia falta, me fazia triste. Você não estava comigo, mas não estava longe. E aquele céu… Ah, aquele céu era o mesmo para mim e para você.
Puxei o cobertor que a noite me roubou. Puxei um travesseiro e o abracei. Queria você aqui comigo. Ansiava pelo aconchego dos seus braços, sentir sua pele na minha e seu calor que parecia queimar. O toque dos seus dedos me arrepiava o corpo e a alma. Eu precisava ouvir sua voz rouca me dizendo:
Bonsoir, mon bien-aimé.

Sobre o autor: Jéssica Nogueira, 25 anos, mineira. Advogada, formada pela Universidade de Itaúna, buscando seu lugar no mundo dos concursos públicos. Apaixonada pelos detalhes. Leitora, sonhadora e escritora de desabafos.

7 comentários:

  1. Pessoal, foi um prazer participar do blog. Muito obrigada. Desejo a vocês muito sucesso. Muita inspiração para todos nós. Estão todos de parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Gratidão e colaboração mutua Jessica, lindo texto, é uma prazer ter você conosco, aguardamos o próximo.

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto, amei! Espero ler muitos outros!! Parabéns a todos pela iniciativa!

    ResponderExcluir
  4. Lindo Jeh mostra que até nas suas palavras você é um dos seres humanos mais doces e iluminados que já conheci.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que gracinha. Muito obrigada, Jeh. Fico feliz que tenha conseguido mostrar coisas boas com o texto. Que bom que gostou e obrigada por comentar.

      Excluir
  5. Eu amei esse texto! JESS, volte sempre!

    ResponderExcluir